13/11/2017 • 11:50:22

Polícia investiga mulher de 21 anos que teria feito aborto



DE SÃO JOSÉ DO RIO PRETO


A Polícia Civil de Rio Preto está investigando uma denúncia de abordo feito propositalmente por uma mulher de 21 anos, em Rio Preto.

De acordo com informações do boletim de ocorrências, a jovem foi até a UPA  (Unidade de Pronto Atendimento) Jaguaré reclamando de fortes dores abdominais. Em seguida, ela foi até o banheiro, onde aconteceu a expulsão do saco gestacional, placenta e feto.

O registro policial informa, ainda, que a mulher não comunicou sobre o aborto e tentou ir embora antes de receber atendimento. O feto foi encaminhado e o médico avaliou que, possivelmente, não se tratava de um aborto espontâneo.

O especialista solicitou o encaminhamento da mulher até a Santa Casa, além de acionar a Guarda Municipal. Um homem que acompanhava a mulher começou a discutir com a equipe médica alegando demora no atendimento e afirmando que levaria ela embora, aumentando a desconfiança.

Após o registro na polícia, o IML (Instituto Médico Legal) foi comunicado e deve fazer um exame com a mulher para apurar a causa do aborto.


Desenvolvimento:

Sistema Araça de Comunicação LTDA • Todos os direitos reservados