11/01/2018 • 17:48:51

Rio Preto: comissão fará auditoria em contratos da Emurb

Em entrevista coletiva, chefe da empresa disse que processo não tem prazo para ser concluído



DE SÃO JOSÉ DO RIO PRETO


Sérgio Menezes/SMCS
Rio Preto: comissão fará auditoria em contratos da Emurb - Sérgio Menezes/SMCS
Polêmica envolvendo Área Azul de Rio Preto vai ser investigada em auditoria


O diretor interino da Emurb (Empresa Municipal de Urbanismo) de Rio Preto convocou uma entrevista coletiva nesta quinta-feira (11) para anunciar a criação de uma comissão para investigar todos os contratos da empresa.

Segundo informações de Ângelo Bevilacqua, uma equipe foi formada para fazer a auditoria dos contratos após a polêmica envolvendo a Área Azul da cidade.

Bevilacqua pediu paciência para a imprensa e disse que a auditoria vai funcionar de forma sigilosa. Ele não deu prazo para o fim dos trabalho, mas prometeu ser criterioso na investigação.

O diretor da Emurb disse, ainda, que o processo de regularização do aplicativo da Área Azul será aplicado na cidade quando outro aplicativo for criado e devidamente testado.

O ESCÂNDALO

​No início do mês, a ex-funcionária da Emurb​,​ Roberta Nunes Ferreira Costa foi demitida da empresa após ficar constatado que ela era sócia da empresa que desenvolveu o sistema da Área Azul Digital.

Na Câmara de Rio Preto, Vânia disse que não sabia que Roberta era sócia da empresa e afirmou que ela foi contratada em 2008 por "indicação técnica".

Além de constar como sócia da empresa que prestou o serviço para a Emurb, Roberta é casada com Wagner Costa, que assinou o contrato de R$ 78 mil em julho do ano passado para fazer o aplicativo.

No total, a prefeitura gastou mais de R$ 300 mil para desenvolver o sistema, mas ele precisou ser retirado do ar após problemas técnicos.


Desenvolvimento:

Sistema Araça de Comunicação LTDA • Todos os direitos reservados