Assalto Iguatemi em Rio Preto: três suspeitos já foram presos

A Polícia abordou os suspeitos próximo a Americana (SP), uma mulher foi presa em São Paulo

Assalto Iguatemi em Rio Preto: três suspeitos já foram presos - Arquivo Pessoal


Dois homens, suspeitos de terem participado do assalto a uma joalheria, no Shopping Iguatemi em Rio Preto, foram presos na madrugada deste sábado (15), em Americana (SP). A Polícia de SP, em uma força tarefa com as Polícias Rodoviária e Militar, conseguiu abordar o veículos em que eles estavam e efetuou as prisões, com mandados emitidos pela Justiça de Rio Preto. Até o momento três veículos que teriam sido usados na fiuga do assalto foram apreendidos. Dois desses veículos foram abandonados próximos ao local do assalto em uma estrada de terra. A terceira prisão é de uma mulher que foi detida na capital. Ela confessou participação. A prisão em São Paulo foi feita pelos policiais da Rota. Todos os presos já foram trazidos para Rio Preto.


Por volta das 20 horas, desta sexta-feira, cinco homens armados, invadiram o Shopping Iguatemi e assaltaram a Joalheria Constantini, localizada no piso superior do shopping. Os bandidos, fortemente armados, segundo testemunhas, entraram no shopping disfarçados, um deles em uma cadeira de rodas e renderam funcionários da joalheria. Um segurança do shopping também foi rendido. Durante o assalto houve disparos, mas a Polícia e a direção do Shopping não confirmaram os disparos até o momento. Além das joias levadas da loja, o prejuízo ainda não foi calculado e enm divulgado, três revólveres também foram roubados dos seguranças do centro de compras. Reféns foram utilizados como escudo humano até a saída, mas não ficaram feridos e foram liberados com a fuga do bando

Clientes que estavam no Iguatemi entraram em pânico, houve tumulto e correria durante a ação dos bandidos, como é possível ver nas imagens feitas por celular de pessoas que estavam no Shopping.







Gritos e pânico, é possível ver nos vídeos registrados. As lojas fecharam as portas com clientes dentro conforme orientação da polícia. Ninguém ficou ferido. Os clientes que estavam no shopping, só puderam sair do local depois de uma minuciosa abordagem da PM. Todos foram revistados e tiveram de confirmar a identidade.

O Shopping se manifestou em nota oficial e diz que os detalhes sobre o assalto será repassado a polícia e que colabora com as investigações.

Na manhã deste sábado, um coletiva de imprensa, presidida pelo delegado do caso, Paulo Buchala, chefe da Deic (Divisão Especializada de Investigações Criminais) de Rio Preto, vai dar mais esclarecimentos. As buscas pelos bandidos continuam em todo o estado.

 


Comentários