​Covid-19 cala o 'Poeta do Rodeio'

​Ivan Alves Diniz, conhecido como um dos maiores narradores do Brasil, é mais uma vítima da covid-19

​Covid-19 cala o 'Poeta do Rodeio' - Reprodução


O locutor Ivan Alves Diniz, considerado um dos maiores narradores de rodeio do Brasil, morreu de covid-19 na noite deste domingo (4), aos 57 anos, em Rio Verde (GO).


Ivan estava internado no Hospital Municipal de Rio Verde desde o dia 1º de abril após apresentar fraqueza e falta de ar. Um dia após ser levado ao hospital, ele precisou ser internado na UTI e, no sábado (3), foi intubado. Ontem (4), Diniz sofre​​u uma parada cardíaca, teve os rins paralisados e não resistiu.

​Conhecido como 'Poeta do Rodeio', Ivan nasceu em Uberaba (MG) e chegou em Goiás em meados de 1990, após convite de um produtor de eventos. Ele começou a trabalhar em festas e locuções de rodeios em 1993 e traçou uma grande trajetória, narrando os maiores rodeios do País, como Barretos, Jaguariúna e Rio Verde.

Ivan ganhou o apelido de 'Poeta do Rodeio' porque escrevia poemas e gravava versos durante suas narrações. Esses versos eram reproduzidos por outros locutores em festas pelo Brasil. Ivan também apresentava um programa semanal em uma rádio de Rio Verde sobre assuntos de rodeio e o mundo country.

O corpo do locutor foi enterrado no Cemitério São Sebastião, em Rio Verde, nesta segunda-feira (5). Ele deixa esposa, três filhos e um neto.


Comentários