Doria lança em Rio Preto 'programa' que vai compor a maior rede de incentivo e investimento do Agronegócio brasileiro

O Governador disse que a maior força econômica do país, o Agronegócio, agora tem um conjunto de programas capazes de alavancar a economia rural e beneficiar de verdade milhares de pessoas

Doria lança em Rio Preto 'programa' que vai compor a maior rede de incentivo e investimento do Agronegócio brasileiro  - SBT Interior


O Governador João Doria (PSDB) lançou em Rio Preto (SP), nesta quinta-feira (14), o Programa ‘Novos Melhores Caminhos', que vai recuperar e melhorar mais de 5 mil km de estradas rurais em todo o estado de SP. Serão investidos 420 milhões de reais que vão gerar mais de dois mil empregos diretos. Mais de 600 municípios serão beneficiados com o programa. O prazo para a recuperação e reconstrução de todos os quilômetros anunciados é de 12 meses. “Nos últimos 20 anos a recuperação das estradas rurais somaram em média 500 km a cada 12 meses, nós vamos fazer 5 mil km em um ano, esse é o maior e mais completo programa de recuperação de estradas rurais de SP e do país”, afirmou Doria.


O programa 'Novos Melhores Caminhos' faz parte da estratégia do Governo Doria em investir e retomar a economia. Junto com esse programa anunciado no recinto de eventos de Rio Preto, existe uma rede de incentivos que já foi anteriormente anunciada pelo Governador João Doria, como o Programa ‘Agro SP’, com investimento de 52 milhões de reais em pesquisas, outro incentivo que compõe a rede é a redução do ICMS nos setores de genética, biodiesel e produtos derivados do amendoim entre outros.

A rede de incentivos para recuperar a economia rural também conta com a formalização fiscal dos produtos artesanais rurais (que os torna mais competitivos no mercado de varejo e atacado), a recuperação de estradas vicinais em todo o estado, para escoamento e logística dessa produção, e por fim o programa Água Viva (anunciado na última semana) que vai cuidar da preservação dos mananciais e proteção das águas. Todos esses programas somados ao ‘Novos Melhores Caminhos’ compõe uma rede de investimentos que vai impulsionar a economia rural para os pequenos, médios e grandes produtores do estado.

O anuncio gera expectativa para o setor, emprego e fomenta a economia dos produtores rurais, bem como para as cooperativas, associações até chegar na agroindústria.

O evento para o lançamento do programa ‘Novos Melhores Caminhos’ teve a cidade de Rio Preto como palco, essa foi uma escolha estratégica da Secretaria de Agricultura e Abastecimento de SP, comandada pelo deputado estadual e então Secretário Itamar Borges (MDB). “Rio Preto é a maior cidade do noroeste paulista e de todo o oeste e pontal do estado, a representatividade da cidade traduz a maior parte dos municípios que serão beneficiados com o ‘novo programa”, disse o secretario.

Edinho Araújo (MDB), prefeito de Rio Preto, que chegou ao evento lado a lado do Governador, afirmou que o município também vai se mexer e aproveitar o gancho para reformar as estradas rurais municipais, Edinho se comprometeu em recuperar as estradas rurais municipais, com melhorias e até mesmo recuperação de pontes. Pelo Programa estadual, Rio Preto vai receber duas obras de melhorias nas estradas rurais, serão recuperados 4,5 km da estrada que sai do antigo pesqueiro do Papa, em Schmitt, e vai até São Miguel Arcanjo (Vila Azul), a outra estrada contemplada no programa estadual é a que sai atrás do condomínio Maria Julia, região leste de Rio Preto, e vai até a divisa de Guapiaçu, são 6,2 km. As duas estradas margeam córregos que deságuam no rio preto e abastece a represa. A prefeitura ainda não anunciou quais estradas municipais rurais serão reformadas pela prefeitura.

O evento, que teve protocolo sanitário, reuniu quatro mil pessoas entre elas, 246 prefeitos de todas as região, deputados estaduais e federais, autoridades municipais e lideranças regionais. Discursaram e manifestaram total apoio ao governador e a administração Doria, o Deputado Federal Geninho Zulian (DEM), que salientou a necessidade local de uma melhor estrutura rural para o escoamento da produção, “Nossas cidades merecem esse governo que se preocupa e investe no cidadão e valoriza o trabalho de cada um”, disse.

O Deputado Federal Arnaldo Jardim (CIDADANIA) que também é membro das frentes parlamentares de valorização do setor sucroenergético disse que o governo Doria acredita e faz acontecer quando o assunto é agronegócio. "O melhor caminho é aquele trilhado com respeito a quem produz e trabalha como todos os produtores rurais desse estado", "Esse setor merece valorização", completou.

O Secretário de Desenvolvimento Regional Marco Vinholi (PSDB) que encabeça a descentralização do governo paulista e faz chegar as decisões necessária para as cidades do estado, disse que o governo Doria sempre se preocupa com o desenvolvimento regional, “O programa, lançado hoje, traz desenvolvimento para cada pequena, media e grande cidade do estado”.

O Presidente da Alesp (Assembléia Legislativa do Estado de SP) Carlos Pignatari, leia-se Líder do governo na Câmara, reafirmou o compromisso em total apoio aos projetos e planos do governador Doria e afirmou “Vamos viabilizar todos os programas que sabemos que são definitivos para o crescimento da economia paulista”, disse. O prefeito de Araçatuba (SP), Dilador Borges (PSDB), também participou do evento e assinou o convênio para levar as obras de recuperação de estradas rurais para Araçatuba.

Durante o discurso, o governador João Doria ainda fez referência a antigos políticos paulistas como Franco Montoro e José Serra, a quem deu grande destaque no que diz respeito a investimentos em estradas e diz seguir e enfatizar ainda mais esse tipo de obra. Doria não criticou o Governo Federal diretamente mas falou em claro e bom tom que a falta de reformas administrativas, fiscais e tributárias, que deveriam ter sido feitas, atrapalham o desenvolvimento do país. Doria deu como exemplo o que tem sido feito em SP e disse mais uma vez que os estados não tem culpa da inflação brasileira. Doria também fez referência a falta de desestatização do Governo Federal e citou os Correios e a Eletrobrás, que ainda permanecem estatais.

Por fim, falou do plano do governo do estado de completar o investimento de 22 bilhões de reais em 2021 e para 2022 assegurado investimentos na casa dos 28 bilhões de reais, em todos os setores da economia e administração estadual. “Aqui em São Paulo não tem corrupto, aqui nos trabalhamos, somos honestos, nosso governo é um governo honesto e que cumpre as promessas”.







O SBT interior foi um dos três veículos de comunicação que participou diretamente da coletiva. Sobre a segurança na zona rural, a qual questionamos o governador, ele adiantou que junto com o Programa 'Novos Melhores Caminhos', a Patrulha Rural irá receber equipamentos tecnológicos para fazer a segurança de quem trabalha e produz no campo, como drones de vigilância que irão substituir os helicópteros Águias na função 'fiscalização' e patrulha, também falou em ações de inteligência policial para chegar às quadrilhas que agem no campo, e afirmou que as estatísticas da criminalidade rural, principalmente na região noroeste, caíram nos últimos meses.