​Governo de SP pode fechar polos do Projeto Guri na região de Araçatuba

Petição para tentar impedir fechamento de unidades foi criada na internet

​Governo de SP pode fechar polos do Projeto Guri na região de Araçatuba -


Educadores, músicos e funcionários de polos do Projeto Guri localizados em cidades da região de Araçatuba (SP) podem perder seus empregos nas próximas semanas.


Isso porque foi anunciado pelo governo paulista a possibilidade de fechamento de unidades localizadas no noroeste do estado.

Os polos são desenvolvidos em parceria com municípios e oferecem aulas de música de graça para crianças de seis a 17 anos. Caso seja confirmado o fechamento das unidades, centenas de alunos devem ser prejudicados, além de profissionais demitidos.

De acordo com o portal Regional Press, os polos que devem ser fechados na região são os de Birigui, Piacatu, Sud Menucci, Alto Alegre, Clementina, Nova Canaã, Jales, Valparaíso, Lavínia, Luiziânia, Guaraçaí, Murutinga do Sul, Bento de Abreu, Santa Fé do Sul e Avanhandava.​​

De acordo com colaboradores, alguns funcionários já estão de aviso prévio em várias partes do estado.

Para tentar evitar o fechamento das unidades, uma petição contra o fim do projeto foi organizada na internet.

A petição​, que até às 19h50 desta sexta-feira (29) tinha mais de 30 mil assinaturas,​ diz que o “Governador João Dória cortou verba da Cultura e que centenas de educadores musicais foram demitidos e milhares de alunos ficarão desatendidos”.

​Por meio de nota, o governo de SP disse que está fazendo reuniões individuais com cada uma das 18 organizações sociais, incluindo as gestoras do Projeto Guri, para definir as prioridades e os ajustes necessários.

O secretário estadual de Cultura, Sérgio Sá Leitão, disse que o governo de SP não pretende encerrar o Projeto Guri.

"O que nós pretendemos fazer é melhorar e aprimorar um programa socio-cultural que já funciona muito bem. Estamos fazendo isso com todo cuidado, todo carinho".

 


Comentários