Rio Preto: UTI Covid do Hospital de Base atinge capacidade máxima

Segundo a diretoria da unidade, cerca de 35 pacientes de Rio Preto e outros municípios da região deixaram de ser atendidos pelo hospital

Rio Preto: UTI Covid do Hospital de Base atinge capacidade máxima - Divulgação/HB
 

A UTI (Unidade de Terapia Intensiva) Covid do Hospital de Base de São José do Rio Preto (SP), atingiu a capacidade máxima neste domingo (7). A unidade é a maior do interior paulista, com 133 leitos.


O hospital informou para a Central de Regulação de Leitos do Estado de São Paulo que não tem mais leitos para receber pacientes. Segundo a diretoria da unidade, cerca de 35 pacientes de Rio Preto e outros municípios da região deixaram de ser atendidos pelo hospital.

O médico Jorge Fares, diretor executivo da Funfarme, fundação mantenedora do HB, afirmou que vai estudar com a diretoria a possibilidade de desativar áreas do hospital para instalar novos leitos de UTI.

“É, no entanto, uma operação complexa, porque dependemos não só de infraestrutura e equipamentos, mas de termos equipes multiprofissionais especializadas em tratamento intensivo”, afirma o diretor.

Mesmo com o aumento de leitos, ainda segundo o médico, o aumento não será suficiente para atender a demanda de casos da doença. 

“A população, as autoridades, enfim, todos precisamos nos conscientizar de que, se não adotarmos o distanciamento e os cuidados necessários, o número de doentes, inclusive graves, continuará se multiplicando em ritmo acelerado, não havendo a mínima condição da rede de saúde de atendê-los. Faremos todo o possível, como sempre fizemos, para atender a população, porém, infelizmente, não depende somente de nós, profissionais da saúde, mas de toda a população.”


Comentários