São Paulo sedia encontro entre gestores da Educação de todo o Brasil

São Paulo sedia encontro entre gestores da Educação de todo o Brasil -


Entre 14 e 17 de maio, a capital paulista recebeu as atividades do Bett Educar, considerado o maior evento de educação e tecnologia da América Latina. Anualmente, a iniciativa reúne mais de 230 empresas nacionais e internacionais, mais de 19 startups do setor e cerca de 22.000 participantes da comunidade educacional de todos os estados brasileiros.

Os participantes – entre eles, representantes da Secretaria de Estado da Educação de São Paulo – discutiram o futuro do setor e o papel que a tecnologia e a inovação desempenham na formação de todos os educadores e estudantes. O encontro foi dividido com uma série de apresentações de importantes instituições da educação do País, como o Ministério da Educação (MEC), sobre os temas de maior discussão da área.

Os palestrantes tiveram a oportunidade de expor pontos de reflexão, com a participação da plateia. “Reuniões como esta são fundamentais para todos terem contato com um cenário realístico da Educação. É fundamental ouvir as boas práticas de outros estados. Vamos sempre lutar por uma educação de qualidade no território paulista”, explica o secretário de Estado da Educação de São Paulo, Rossieli Soares.

Painéis

Secretários de Educação de diversos estados do Brasil, como Espírito Santo, Santa Catarina e Amazonas, participaram do encontro. Em um dos painéis, os gestores discutiram com o MEC a possibilidade de traçar ações e programas conjuntos.

“Essas conversas são fundamentais porque unem as secretarias e os atores dentro de um mesmo norte. Estamos em um momento no qual a união faz a diferença, e vamos ouvir o que todos precisam e agir objetivamente nisso”, afirma Abraham Weintraub, ministro da Educação.

De acordo com Cecília Mota, presidente do Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed), a reunião de diversas realidades e desafios marca um momento importante de aprendizado. “Representamos aqui todos os estados na busca pelo diálogo pela educação. Esse momento é de união e conversa e é fundamental caminharmos para a agenda da aprendizagem”, salienta.

“Um dos grandes desafios que temos é o processo da Educação Continuada. Temos que repensar, em conjunto com o MEC, a avaliação dos estudantes e analisar juntos a formação inicial de professores”, avalia Luiz Miguel, presidente da União dos Dirigentes Municipais de Educação do Estado de São Paulo (Undime-SP).


Comentários