Soldado da PM tem morte cerebral confirmada após capotamento de viatura

Bruno Fernando Tunes tinha 31 anos e é a segunda morte confirmada após o acidente

Soldado da PM tem morte cerebral confirmada após capotamento de viatura - Reprodução


Foi constatada nesta segunda-feira (11) a morte encefálica do soldado da Polícia Militar Bruno Fernando Tunes, de 31 anos. Ele foi um dos feridos no capotamento de uma viatura ocorrido na manhã do último sábado (9) na rodovia Marechal Rondon (SP-300), entre Bauru e Avaí (SP).


De acordo com a PM, Bruno terá os órgãos doados. Ele será velado no CPI-10, em Araçatuba, e enterrado em um cemitério de Birigui.

​Na viatura estavam Bruno, o policial militar Guilherme Yoshio Obana Belizário, de 34 anos, do ​28º BPMI (Batalhão de Policiamento Militar do Interior) de Andradina e o sargento da PM de Araçatuba André Luís Ceolin, de 41 anos, que morreu no local.

Ceolin foi enterrado no domingo (10) e recebeu homenagens de centenas de policiais militares, além de familiares e amigos. Já Guilherme Yoshio segue internado.

De acordo com a polícia, os três retornavam de um curso da polícia feito em São Paulo, quando ocorreu o capotamento. Os três policiais foram lançados para fora do veículo e a viatura ficou completamente destruída. A polícia investiga, agora, o que provocou o acidente e quem dirigia o veículo.


Comentários