'Nunca me achei cantora', diz Xuxa, que surgirá em nave no prêmio Multishow

A apresentadora também usará um figurino semelhante ao de antigamente

'Nunca me achei cantora', diz Xuxa, que surgirá em nave no prêmio Multishow - Reprodução


O clima de nostalgia irá tomar conta do Prêmio Multishow no próximo dia 8. Após mais um ano difícil em decorrência da covid-19 e das mais de 600 mil pessoas que morreram desde o início da pandemia, celebrar a música será terapêutico para muita gente.


Por isso, Xuxa Meneghel, uma das convidadas de honra da celebração, irá fazer uma participação para memória afetiva nenhuma botar defeito. Ela chegará em uma nave espacial montada pela equipe de produção, como fazia nos idos dos anos 1980 na TV Globo, no Xou da Xuxa.

A apresentadora também usará um figurino semelhante ao de antigamente, com direito a botas, exceto um acessório: "Não vou colocar 'xuquinha' pela falta de cabelo (risos), mas eu vou usar sim adereços para que as pessoas possam viajar para os anos 80. Muitos anos de carreira e nunca me achei cantora. E participar de um prêmio, com tantos cantores talentosos, é me sentir homenageada e privilegidada", afirmou. Ela cantará os sucessos Lua de Cristal e Arco-Íris.

A celebração será comandada por Iza e Tatá Werneck, que irá 'embora' do evento na nave com Xuxa. "Você pode passar 20 anos com a Xuxa e você fala: 'Meu Deus, é a Xuxa e ela sabe o meu nome'! Sempre fui no programa da Xuxa e nunca fui escolhida e nunca entrei na nave. Não sei o que eu vou aprontar ainda, tenho que ver com o meu advogado (risos) para ver até onde posso ir. Depois, a nave fica pra gente, né?", perguntou Tatá para os organizadores do prêmio, durante coletiva de imprensa com os jornalistas nesta quinta-feira, 2.

Tatá Werneck também se emocionou ao falar sobre o que espera da noite e chorou ao lembrar do amigo Paulo Gustavo, que morreu em decorrência de complicações do coronavírus no início do ano.

"O Prêmio Multishow foi a última vez que vi o Paulo Gustavo (choro). Ops, abri uma 'gaveta' (emocional) que não deveria. É um prêmio de muitas memórias, muitos afetos, cheio de lembranças Estarei lá para fazer o melhor que eu posso, para que todo mundo tenha uma noite incrível. Espero que seja um dia legal, porque todo mundo teve um ano tão difícil. Desculpe eu chorar", disse.

Xuxa pegou o embalo: "Esse prêmio será repleto de saudade... vai ter essa saudade no ar, essa viagem que vai abrir essa caixinha (emocional) que a Tatá falou de muita emoção e tenho certeza de que o público vai curtir muito".

Homenagens no Prêmio Multishow

Paulo Gustavo comandou seis edições da celebração, inclusive a de 2020, e será um dos homenageados da noite. "Vai ser muito especial poder homenagear alguém que fez parte de uma forma tão importante na minha carreira e alguém que eu amo tanto", comenta Iza.

Marília Mendonça, que morreu no início de novembro em um acidente aéreo, receberá o Prêmio de Cantora do Ano 2021. As outras quatro concorrentes ao prêmio - Anitta, Ivete Sangalo, Iza e Luísa Sonza - se juntaram aos fãs e ao Multishow para homenagear a eterna patroa. As votações desta categoria foram suspensas.

Em 2021, ano em que a morte de Cássia Eller completa duas décadas, o Prêmio Multishow também terá um número em sua homenagem. A artista será celebrada por Chico Chico, filho da cantora, com a apresentação de Mãe, seguido por Nando Reis e Lan Lanh.


Comentários