Olímpia recebe seringas e agulhas e já se prepara para vacinação contra a covid-19

Segundo a prefeitura, além dos materiais recebidos, o município possui em estoque ainda 39 mil unidades de seringas e 45 mil agulhas

Olímpia recebe seringas e agulhas e já se prepara para vacinação contra a covid-19 - Divulgação/Prefeitura de Olímpia


Considerando o processo de aprovação de uma vacina contra a covid-19 no Brasil, a Estância Turística de Olímpia se adiantou e já está se preparando para a imunização do grupo prioritário no município.


De acordo com a secretaria de Saúde, a Prefeitura recebeu do governo Doria cerca de 18 mil insumos exclusivos para a Campanha de Vacinação Contra o Coronavírus, entre seringas e agulhas, para garantir a aplicação de doses numa primeira etapa.

Segundo a prefeitura, além dos materiais recebidos, o município possui em estoque ainda 39 mil unidades de seringas e 45 mil agulhas, sendo que, mensalmente, são utilizadas em média seis mil para a vacinação de rotina.

Segundo o Plano Estadual de Imunização, apresentado na última semana, a previsão é de que a aplicação tenha início no dia 25 de janeiro, com a expectativa de aprovação da vacina pela Anvisa. Na fase inicial, o plano estima que sejam vacinadas nove milhões de pessoas, entre profissionais de saúde, cidadãos com 60 anos ou mais, grupos indígenas e quilombolas.

Para o recebimento das doses após a aprovação, a Prefeitura conta com três câmaras de refrigeração específicas no estoque central e mais quatro refrigeradores comuns, que são utilizados para armazenar as vacinas de rotina, bem como equipamentos para reserva também nas Unidades de Saúde. O município está providenciando ainda a instalação de um gerador automático para evitar risco de perda das doses, em caso de quedas de energia.

"A vacinação contra a Covid é a conquista mais esperada dos últimos meses e, por isso, já estamos preparando nossa cidade para que o município esteja pronto para começar a vacinação assim que a vacina for liberada pelos órgãos competentes e enviada aos municípios. Estamos acompanhando o processo de aprovação e permanecemos em tratativas com o Governo do Estado e também com o Governo Federal para que possamos garantir uma vacinação eficaz e segura aos olimpienses, o mais breve possível", ressaltou Cunha.


Comentários