Pedágios ficam mais caros na Washington Luís a partir de hoje (1º)

O reajuste é majorado no valor de 4,66%, percentual determinado com base no IPC-A, em conformidade com as disposições do contrato assinado entre a concessionária e o Governo de SP

Pedágios ficam mais caros na Washington Luís a partir de hoje (1º) - Reprodução/ Gazeta do Interior/ arquivo


A partir desta quarta-feira (1º) o valor do pedágio será reajustado na rodovia Washington Luís. O aumento será de 4,66%. Em Catiguá, na região de São José do Rio Pretoa cobrança passará de R$ 17,20 para R$ 18.


Uma viagem de ida e volta para São Paulo, saindo de Rio Preto, vai custar R$ 222,80. Um aumento de 4,60%.

A Econoroeste afirma que o aumento é previsto em contrato. Os novos valores foram definidos pela Artesp (Agência Reguladora de Transportes do Estado de São Paulo) e publicados no Diário Oficial do Estado em 22 de abril de 2024.

“Os valores serão majorados em 4,66%, percentual determinado com base na evolução do Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPC-A), acumulado entre fevereiro de 2023 e março de 2024, em conformidade com as disposições do Contrato de Concessão assinado entre a concessionária e o Governo do Estado de São Paulo”, consta em nota emitida pela concessionária.

De acordo com Gustavo Dávila, coordenador de Arrecadação da EcoNoroeste, o reajuste dos valores do pedágio capitalizam a empresa para, além de realizar os investimentos previstos no contrato de concessão, possibilitar a manutenção da conservação das rodovias e a prestação de serviços 24 horas aos usuários.

Os usuários das rodovias que utilizam TAGs para pagamento e liberação automáticos têm 5% de desconto em cada passagem pelo pedágio. Confira as novas tarifas para veículos de passeio que valerão a partir de 1º de maio:

– ARARAQUARA: R$ 20,80

– AGULHA: R$ 12,50

– CATIGUÁ: R$ 18,00

– DOBRADA: R$ 10,20

– TAIÚVA: R$ 16,00

– JABOTICABAL: R$ 8,90

– ITÁPOLIS: R$ 9 ,30