Pego no teste do bafômetro, ​motorista​ chama amigo para buscar carro e ​homem também é preso​ por embriaguez

Caso curioso aconteceu na rodovia Júlio Budiski, em Presidente Prudente (SP), neste domingo

Pego no teste do bafômetro, ​motorista​ chama amigo para buscar carro e ​homem também é preso​ por embriaguez - Divulgação/Polícia Rodoviária


​Um caso curioso foi registrado neste domingo (11) pela Polícia Rodoviária na rodovia Júlio Budiski (SP-501), em Presidente Prudente (SP). Após ser detido dirigindo embriagado, um homem de 34 anos pediu a um amigo, de 35 anos, para buscar o carro que havia sido apreendido, mas o homem também acabou preso por embriaguez ao volante.


ZIGUE-ZAGUE

​A ocorrência aconteceu durante a Operação Nove de Julho. Uma equipe da polícia viu um carro, com placas de Prudente, ziguezagueando pela rodovia e decidiu abordar o veículo.

Durante a fiscalização, o motorista fez o teste do bafômetro, que indicou 0,62 miligramas de álcool por litro de ar alveolar expelido pelos pulmões, configurando o crime.

Os policiais, então, pediram que o motorista acionasse outra pessoa para retirar o carro do local. O motorista chamou um amigo e, ao chegar na rodovia, o homem passou pelo teste do bafômetro e os policiais constataram 0,42 ml/L de álcool por litro de ar alveolar expelido pelos pulmões, resultado que também configura embriaguez ao volante.

Diante dos fatos, os dois foram presos em flagrante e levados para a delegacia. O delegado arbitrou fiança de um salário-mínimo para cada um (R$ 1.100,00), valor que não foi pago por eles. Por isso, os dois permaneceram presos.


Comentários