Reforma tributária é urgente, mas ela não pode aumentar impostos, diz presidente da ABAD

Reforma tributária é urgente, mas ela não pode aumentar impostos, diz presidente da ABAD - Divulgação


Em seu discurso de abertura no Encontro de Valor ABAD, o presidente da ABAD, Emerson Destro, destacou os desafios de 2020 e endereçou aos governantes e parlamentares o apelo do setor quanto à necessidade urgente das reformas estruturantes, como a administrativa, política e tributária. Quanto à reforma tributária, ele resumiu em uma frase o desejo do setor produtivo: “Queremos a reforma tributária, mas ela tem de simplificar o atual sistema sem aumentar impostos. Essa é a reforma de que precisamos”, afirma.


Emerson Destro destacou também a importância do pequeno varejo: “Durante a pandemia, em razão da proximidade, muitos consumidores optaram pelo pequeno e médio varejo, o que beneficiou o nosso setor e permitiu seu crescimento, mesmo neste ano tão difícil. Graças a isso, a ABAD projeta para este ano um crescimento de até 4%.”

Outro ponto focal do discurso foi a necessidade de turbinar a digitalização do setor, que deu origem ao novo Comitê Marketplace ABAD. “Desde março, esse comitê atua para desenvolver esse novo canal de vendas no setor, um sistema democrático, inclusivo, com regras claras, que possa auxiliar e empoderar o pequeno e médio varejo, o nosso principal cliente.”

Para o presidente Destro, “mais do que nunca, se faz necessário aproveitar a convenção anual como a grande oportunidade de discutir e traçar os novos caminhos do canal indireto”. Assim, ele finalizou o discurso conclamando todos a participar do evento e “pavimentar a jornada do nosso setor rumo a um futuro redesenhado pela nova realidade pós-pandemia”.

Despedida

O presidente Emerson Destro fez também seu discurso de despedida, já que encerra o seu mandato no dia 31 de dezembro. Em sua fala, ele  fez um balanço das principais ações em sua gestão. Entre os pontos destacados pelo presidente, vale mencionar:

– A decisão de mudar a convenção anual do setor, abandonando um formato consolidado há mais de 30 anos;

– Revitalização do seminário anual Abad & Filiadas, que ganhou um conteúdo mais robusto para permitir a troca de experiências e a adoção de boas práticas de gestão e relacionamento.

– A inclusão da convenção anual do Grupo Abad Jovens e Sucessores no calendário oficial da ABAD.

– Ampliação da base de participantes do banco de dados mensal, buscando trazer um retrato melhor do setor.

– Criação de dois novos comitês: logística, em parceria com a Abralog; e, mais recentemente, o comitê Marketplace.

– Introdução de diretrizes de compliance, a criação da cartilha da ética nos negócios e a elaboração de um código de conduta, que hoje orienta as relações da entidade com seus diversos públicos.

– Fortalecimento da área de comunicação, que diversificou sua atuação e garantiu uma entidade muito mais presente nos canais digitais.

– Reformulação da revista Distribuição e lançamento da nova versão digital.

– Fortalecimento do vínculo com a indústria, que manteve importante participação nos encontros do comitê Canal Indireto, que buscou alinhar a visão e os interesses das duas partes.

– Maior relacionamento com os poderes executivo e legislativo, visando criar um ambiente de negócios mais saudável para todo o canal indireto, contando com a parceria da Unecs, da Frente Parlamentar do Comércio e Serviços e o engajamento das filiadas estaduais, colhendo vitórias como:

Reforma trabalhista, reforma da previdência, terceirização, supermercado como atividade essencial, lei de diferenciação de preços em função dos meios de pagamento, redução de custo de tarifa de cartão de débito para comércio, aprovação do cadastro positivo, entre outros.

Ele também agradeceu o apoio de todos, incluindo diretoria, equipe executiva, indústria, parceiros, parlamentares e familiares. E concluiu dando as boas-vindas ao presidente do Grupo ABAD Jovens e Sucessores, Flávio Vinte, e o presidente Leonardo Miguel Severini, que ocupará a presidência da ABAD no biênio 2021/2022. “Tive o prazer de conviver com Leonardo nesses últimos quatro anos e tenho certeza que ele há de fazer uma excelente gestão.”

Veja a revista Distribuição especial que mostra os quatro anos de gestão do presidente Emerson Destro.


Comentários