JORNALISMO
12/09/2016 • 09:47:26

Caminhoneiro desaparecido é encontrado morto em canavial

Homem foi chamado para fazer frete e sumiu na sexta-feira à tarde; polícia investiga o caso


KAIO ESTEVES E VITOR MORETTI



O corpo do caminhoneiro Nivaldo Donizete da Silva, conhecido como Derô, de 49 anos, foi encontrado ontem (11), já em estado de decomposição, às 23h50, na zona rural de Guararapes.

Familiares foram até o IML (Instituto Médico legal) e reconheceram nesta manhã (12) que o corpo encontrado é do homem.

Segundo informações da polícia, o corpo foi encontrado por funcionários de uma usina de cana-de-açúcar na zona rural de Guararapes. Eles acionaram a polícia em seguida. Ainda não há pistas sobre o caso e nem informações sobre o velório e enterro do homem.

Um investigador da Polícia Civil de Guararpaes disse à reportagem do SBTInterior.com que a polícia trabalha com todas as hipóteses, já que os laudos necroscópicos ainda não foram concluídos, mas que a morte é "extremamente suspeita" porque o corpo foi encontrado em uma área isolada, de difícil acesso e sem o caminhão da vítima.

O CASO

Silva recebeu um telefonema para um frete rápido na sexta-feira à tarde. Ele avisou aos familiares que não iria demorar, mas não voltou para casa. O telefone de Derô foi desligado a partir das 15 horas e ele não deu mais notícias.

O caminhão usado para o frete tem placas BXA-8514 (Araçatuba) e é branco. Há relatos de que o caminhão foi visto próximo do Paraguai. A Polícia Civil está investigando o caso.

  Comentários
Veja também