16/09/2017 • 09:55:23

​Polícia conclui inquérito e indicia PM que matou amigo por homicídio doloso

Diogo Belentani morreu no dia 15 de julho após ser atingido por tiro no peito



DE ARAÇATUBA


​Polícia conclui inquérito e indicia PM que matou amigo por homicídio doloso -


A Polícia Civil de Araçatuba concluiu o inquérito que investigava a morte do estudante Diogo Belentani, baleado por um policial militar durante um churrasco no meio do ano.

De acordo com a polícia, o PM Vinícius Oliveira Coradim foi indiciado por homicídio doloso - quando existe e a intenção de matar. Ele está preso em um presídio militar de São Paulo e também teve a prisão preventiva pedida pela polícia.

O inquérito foi enviado para o Ministério Público, que vai analisar a denúncia.

Diogo e Vinícius participavam de um churrasco em uma chácara de Araçatuba em 15 de julho de 2017, quando o jovem, que era filho de um comandante da PM, foi baleado no peito. 

Inicialmente, o caso foi tratado como homicídio culposo - sem a intenção de matar - mas a polícia cruzou depoimentos e evidências e descobriu que algumas provas haviam sido alteradas na cena do crime.

Após a reconstituição, foi possível constatar, segundo a polícia, que o disparo não foi acidental.


Desenvolvimento:

Sistema Araça de Comunicação LTDA • Todos os direitos reservados