Em uma semana, dois ataques de pitbulls são registrados em Rio Preto; vídeo

Nos dois casos, as vítimas estavam passeando com os seus cachorros quando foram atacadas por pitbulls

Em uma semana, dois ataques de pitbulls são registrados em Rio Preto; vídeo - Reprodução/Twitter


Dois ataques de cães da raça pitbull foram registrados em apenas uma semana, em Rio Preto. O último caso aconteceu na noite de quinta-feira (3) quando a vítima passeava com os seus cachorros, no bairro Lealdade, e foi atacada por dois pitbulls que fugiram de uma casa.


Segundo o boletim de ocorrência, o homem disse que estava passeando com três cachorros por uma rua do bairro, sendo que os animais estavam com coleira. Quando ele passou em frente a uma casa, dois pitbulls acabaram fugindo da casa, pois o portão estava apenas encostado, e atacaram os seus cachorros.

Ainda de acordo com o boletim, o dono dos animais também ficou ferido durante o ataque. Ele disse que os cachorros ficaram muito machucados e não é a primeira vez que os ataques acontecem.

O caso foi registrado como omissão de cautela na guarda e na condução de animais.















ATAQUE FILMADO

A outra ocorrência envolvendo ataque de pitbull foi registrada no sábado (29). A vítima também foi atacada durante um passeio com o seu cachorro. As câmeras de segurança de uma casa registraram o momento do ataque.

Nas imagens é possível ver que um homem está passeando com o seu cachorro próximo a um terreno, quando é surpreendido por um cão da raça pitbull. O animal atacou o cachorro do homem. Um motociclista que passava pelo local parou e tentou separar os dois animais, assim como outros populares.

O dono teve ferimentos na perna depois de ser mordido enquanto tentava defender o seu cachorrinho, que sofreu vários ferimentos e permanece internado em uma clínica veterinária. Segundo os donos, o animal sofreu várias fraturas pelo corpo e passou por três cirurgias, mas permanece em estado estável.

A vítima procurou a Polícia Civil para registrar o ataque. O caso está sendo investigado como lesão corporal e também por omissão de cautela na guarda de animais.


Comentários