​​Empresários e Prefeitura de Araçatuba anunciam projeto​ paralelo​ ​para compra de vacinas

Campanha 'Vacina Araçatuba' foi anunciada nesta ​​segunda-feira (19)

​​Empresários e Prefeitura de Araçatuba anunciam projeto​ paralelo​ ​para compra de vacinas - Arquivo/Prefeitura de Araçatuba


Um ​grupo de empresários araçatubenses, em parceria com ​​a Prefeitura de Araçatuba, anunciou nesta segunda-feira (19) a campanha 'Vacina Araçatuba'. O objetivo é arrecadar recursos para vacinar 110 mil habitantes da cidade assim que for possível a aquisição das doses.


Em entrevista coletiva on-line, ocorrida nesta segunda-feira, o prefeito Dilador Borges disse que são necessários R$ 13 milhões para comprar as 220 mil doses, avaliadas, cada uma, em pouco mais de 9,75 dólares, cerca de R$ 55 na cotação atual. "O custo de R$ 13 milhões é só da aquisição da vacina, tirando as seringas, agulhas, transporte e infraestrutura. O município arca com alguma intercorrência, por isso é difícil", afirmou o prefeito.

​ A prefeitura está usando duas formas para tentar as vacinas: aguardando a aprovação da Sputnik V por meio da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) para tentar a compra direta ou por meio da FNP (Frente Nacional dos Prefeitos), que não tem uma vacina específica para ser ofertada. Para o projeto, Dilador anunciou o investimento de R$ 5 milhões em verbas municipais. Com isso, seria necessário arrecadar cerca de R$ 8 milhões, fora os gastos com insumos e logística.

De acordo com o secretário de Desenvolvimento Econômico, Marcelo Astolphi Mazzei​, a base de cálculo para a quantidade de vacinas a serem adquiridas foi feita com dados oficiais do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).

"Nós pegamos o número de pessoas que moram em Araçatuba e têm entre 20 e 59 anos. Inicialmente, crianças e adolescentes não entram neste processo. ​​Estamos solicitando a aquisição de 220 mil doses da vacina contra a covid. As arrecadações estão indo bem. A gente espera até sexta-feira já ter atingido um bom valor​", afirmou.

Um dos empresários que fez uma doação foi Chaim Zaher, proprietário do Grupo SEB. "Sou cidadão araçatubense com muito orgulho. E de Araçatuba fui para o mundo. Isso me dá a condição de colocar o ​[dinheiro] ​que estou colocando. Acho que os empresários vão se conscientizar com o que cada um puder ajudar. A melhor vacina é aquela que está à sua frente".

​Chaim não quis revelar o valor doado por ele. A quantia arrecadada pela campanha, até o momento, também não foi divulgada.​​​


Comentários