Hemocentro de Rio Preto faz alerta para níveis críticos de estoque de sangue

De acordo com o Hemocentro, que atende 38 instituições da região, o número de doações caiu 50%

Hemocentro de Rio Preto faz alerta para níveis críticos de estoque de sangue -


O Hemocentro de Rio Preto fez um alerta nesta segunda-feira (3) sobre a situação crítica do estoque dos tipos sanguíneos O+, B+, O-, A- e B- que está abaixo do ideal. Por conta da pandemia e com o aumento de internações em decorrência da covid-19, o número de doadores caiu 50% e, assim, houve uma baixa significativa nos estoques. 


Segundo a instituição, atualmente o Hemocentro necessita de 100 doações de sangue, porém esse número reduziu para 50 doadores. O Hemocentro é responsável pelo abastecimento de 38 instituições de Rio Preto e região.

O abastecimento do banco de sangue é necessário para atender vítimas de acidentes graves, transfusões de pacientes diagnosticados com covid-19, pessoas que necessitam de cirurgias e pacientes com doenças graves que passam por situações nas quais o organismo não produz as células sanguíneas necessárias como, por exemplo, leucemia e câncer.

De acordo com o Ministério da Saúde, menos de 2% da população do Brasil é doadora de sangue, sendo que o ideal seria 3%. Homens podem doar de dois em dois meses, não excedendo quatro doações ao ano. Já as mulheres de três em três meses e, no máximo, três doações anuais.

Para realizar a doação, o Hemocentro orienta que as pessoas realizem o agendamento por telefone, seguindo as orientações da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e do governo estadual de São Paulo. A medida é incentivada para evitar aglomerações.

Os telefones para agendamento no Hemocentro de São José do Rio Preto são (17) 3201- 5055 e (17)3201-5151. A unidade fica aberta das 7h às 13h, inclusive aos domingos e feriados, na Avenida Jamil Feres Kfouri, 80, Jardim Panorama.


Comentários