Homem corta árvores nativas e diz para a polícia que era para 'não atrapalhar plantação de milho'

Ele foi autuado pela Polícia Ambiental no valor de R$ 13.800

Homem corta árvores nativas e diz para a polícia que era para 'não atrapalhar plantação de milho'  - Divulgação/Polícia Ambiental


A Polícia Ambiental autuou um homem, de 34 anos, por cortar 46 árvores nativas das espécies Leiteiro e Mulungú, em uma propriedade rural que fica no bairro São Francisco, em Emilianópolis (SP), região de Presidente Prudente (SP). O caso aconteceu nesta sexta-feira (11).


De acordo com informações da polícia, ao chegar no sítio, o homem disse que cortou as árvores para ‘não atrapalhar a plantação de milho’.

Após a declaração, os policiais multaram o homem por infração ambiental no valor de R$ 13.800. Ainda na propriedade rural, os agentes apreenderam 10 estéreos de material lenhoso.


Comentários