Programa Motofretista Seguro destaca pontos para condutor evitar acidentes no trânsito

Programa Motofretista Seguro destaca pontos para condutor evitar acidentes no trânsito - Divulgação/Governo de São Paulo


Lançado pelo Governo do Estado de São Paulo, por meio do Detran.SP, o Programa Motofretista Seguro tem entre seus objetivos capacitar os motociclistas participantes e criar uma rede de proteção.

Veja abaixo seis dicas valiosas do programa que reforçam os cuidados necessários para evitar acidentes no trânsito:

Capacitação e formação: a partir de janeiro, o condutor que se inscrever no programa participará de um curso com 30 horas de duração – sendo 25 horas teóricas e cinco práticas. O curso é gratuito e de forma EAD. As aulas tratam de temas como segurança, ética, disciplina e legislação.
Utilização de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs): fundamentais para minimizar danos e acidentes, os EPIs exigidos por lei são: colete refletivo, antena “corta-pipa”, protetor de motor e pernas, baú com identificação e faixa refletiva, e capacete. Os motociclistas participantes do programa contam com benefícios para aquisição desses itens.
Manutenção do veículo: Cuidar da moto, além de uma questão de segurança, é fundamental para melhorar a produtividade durante o trabalho. O ideal é que o condutor realize a manutenção periodicamente. Os participantes do programa contam com parcerias com oficinas mecânicas.
Respeitar a sinalização: antes demudar de faixa não basta usar a seta, é importante executar a manobra de forma gradual e segura sem colocar a vida do condutor e das pessoas a sua volta em risco.
Atenção com o ponto cego: é preciso ter atenção a um detalhe que passa despercebido por muitos motofretistas quando estão no trânsito: o ponto cego. Na pressa de chegar mais cedo ao trabalho ou realizar uma entrega, muitos podem ignorar esse aspecto e provocar acidentes..
Ter paciência: é primordial para aqueles que trabalham diariamente nas ruas e enfrentam o trânsito na cidade. Por isso, vale lembrar de não revidar a provocações, sempre aceitar desculpas e nunca sair em cima da hora para os seus compromissos.

Como funciona o Motofretista Seguro

O Programa Motofretista Seguro é uma iniciativa pioneira e oferece a oportunidade de regularização da documentação necessária para o exercício mais seguro da profissão, possibilita crédito, facilidades de financiamento e formação para os motofretistas, investindo na construção de uma rede de proteção para a categoria.

O objetivo da ação é atender tanto os profissionais que necessitam adequar a sua Carteira Nacional de Habilitação (CNH) para o exercício da atividade, com a regularização de documentos, realização do curso de formação e atualização, oportunidade de práticas de aperfeiçoamento, como auxiliar com linhas de crédito especiais àqueles que precisam renovar seu veículo ou adquirir novos equipamentos de segurança.

Capitaneada pelo Detran.SP, a ação cria as condições para a regularização da habilitação e do veículo, além de uma formação adequada para os profissionais, permitindo que prestem serviços de maneira mais segura. O Programa conta com recursos públicos oriundos da arrecadação de multas e a ação tem o apoio de parceiros, como SindimotoSP, SEDERSP, Banco do Povo Paulista e Sindicato das Autoescolas (CFC).


Comentários