Saúde, Educação e Agronegócio no 3º dia do Conexidades

Destaque para o painel que fechou o dia com a presença do Secretario de saúde de SP, Jean Gorinchteyn e do Diretor-presidente do Butantan, Dimas Covas

Saúde, Educação e Agronegócio no 3º dia do Conexidades - SBT Interior


A importância dos temas debatidos no terceiro dia do Conexidades foi responsável pelo recorde de público do evento. Saúde, Educação e Agronegócio são pilares da sociedade e da economia de um país e que também é responsável pelo desenvolvimento de uma nação.Pela manha, o tema "Educação no pós pandemia" chamou a atenção de centenas de participantes que tem pela frente um grande desafio, trazer de volta os estudantes às escolas e dar educação de qualidade e recuperar o tempo perdido durante a pandemia. Como fazer isso acontecer? Esse foi justamente a questão debatida entre os convidados, o secretário de educação de SP, Rossiele Soares, que virou a chave na educação do estado e aumentou a estrutura do sistema de ensino, justamente na intenção de trazer de volta às salas de aula os estudantes dispersos pela pandemia. O segundo painel trouxe o tema 'Cidade Inteligentes' e as várias formas de trazer qualidade de vida à população com o uso dos artifícios tecnológico em conjunto a preservação do meio ambiente.  


O setor do Agronegócio ficou a cargo das inovações e formas de evoluir a produtividade, com a ajuda de cooperativas e crédito para os pequenos produtores. O quarto painel destacou a importância da união dos municípios e a formar uma cadeia produtiva e economica capaz de concorrer de igual com o mercado internacional, a exemplo da produção de vinho do estado de SP que cresceu nos últimos anos e melhorou a qualidade sendo apontado com ênfase por especialistas internacionais. Teve ainda painel sobre perspectiva política para 2022 e as eleições, Como o município deve agir e apoiar a democracia para continuar a fazer  parte da máquina pública geradora de recursos que podem ser investidos na população.


Destaque para o painel que fechou o dia com a presença do Secretario de saúde de SP, Jean Gorinchteyn e do Diretor-presidente do Butantan, Dimas Covas. Jean falou da velocidade com que SP conseguiu frear a pandemia e valorizou a ajuda dos municípios na guerra contra o vírus. O Secretario da Saúde disse ainda que o papel dos prefeitos foi fundamental para evitar mais mortes durante a pandemia. "A tragédia poderia ter sido ainda pior se os prefeitos não tivessem nos apoiado, apoiado as decisões do Governador Doria, dessa forma em conjunto e entendimento mutuo estamos vencendo essa guerra", disse.


O secretário citou o investimento bilionário anunciado pelo Governo de SP para o pós pandemia no setor da saude, receita que é recorde na administração pública. "Se quisermos cuidas das cidades devemos cuidar dos hospitais das cidades, por isso aumentamos o investimento em hospitais, a população deve ter livre acesso a todos os procedimentos de saúde e agora mais do que nunca com as sequelas deixadas pela covid-19 em milhares de pessoas", completou.


O representante do Butantan valorizou a vacina e a busca do Governador Doria em conseguir trazer para o país a esperança de dias melhores, falou sobre a pesquisa ininterrupta para cada vez mais pode servir a população do Brasil como um instituto de responsabilidade social e científico.Covas fez duras criticas ao Governo Federal que até o momento não renovou a compra da coronavac, o Butantan tem 200 milhões de vacinas no estoque.

 


Comentários