Secretário da Educação acompanha retomada das aulas presenciais na cidade de Piedade

Secretário da Educação acompanha retomada das aulas presenciais na cidade de Piedade - Divulgação/Governo de São Paulo


O secretário estadual da Educação, Rossieli Soares, acompanhou nesta segunda-feira (22) a retomada das aulas presenciais na cidade de Piedade, na Região Metropolitana de Sorocaba.


No município, até 20% dos alunos matriculados no ensino fundamental foram autorizados pela Prefeitura a retomar as atividades presenciais, diariamente, a partir desta segunda.

“Hoje nós reabrimos as escolas, tudo aconteceu dentro do planejado ao longo desses dias, estamos seguindo todos os protocolos à risca. Visitamos uma escola no Bairro dos Correas e ouvi de uma criança que estava feliz de estar de volta à escola, junto com os amigos e professora. Foi motivo de muita alegria”, disse o prefeito de Piedade, Geraldo Pinto de Camargo Filho.

Rossieli visitou a Escola Municipal Padre Giorgio e em seguida passou pela Escola Estadual Professora Dímpina Rocha Lopes. O secretário afirmou que a retomada das atividades presenciais é um passo muito importante, especialmente para a educação infantil.

“As crianças falam do sentimento da falta que faz a escola, a convivência com os amigos, a relação com o professor. A prefeitura também trabalhou e enviou materiais [para os alunos], mas isso não substitui a presença do professor. É muito bom viver esse momento e voltar, gradativamente, e com segurança, cumprindo os protocolos”, disse Soares.

O secretário reforçou que os casos confirmados de Covid-19 na rede estadual aconteceram quando houve “quebra de protocolo.” “A escola não é um ambiente isolado, as crianças e os professores voltam para suas casas depois das aulas. Hoje 70% dos pais manifestaram interesse em que os filhos voltem às aulas, e estão vendo com tranquilidade esse retorno. Estamos num processo de aprendizado com as famílias.”

Investimento na cidade 

O município de Piedade possui dez escolas estaduais e 4.301 alunos. Neste ano, as unidades receberam R$ 1.022.950,00 por meio do Programa Dinheiro Direto na Escola (PDDE) para que tenham agilidade para executar recursos durante o ano de acordo com sua realidade específica.

As escolas estaduais da cidade também foram contempladas com 524 itens do kit tecnológico, entre eles notebook, desktop e televisões. Para adquirir esses equipamentos, o investimento foi de R$ 1.009.779,98.


Comentários