Tabapuã determina uso de pulseira de identificação para pacientes com covid-19

A pulseira amarela é para quem estiver com suspeita; já a vermelha é para quem for diagnosticado com a doença

Tabapuã determina uso de pulseira de identificação para pacientes com covid-19 - Divulgação


Um decreto da Prefeitura de Tabapuã determinou que pacientes com suspeita ou infectados pela covid-19 sejam identificados com pulseiras coloridas. O decreto está valendo desde ontem (6).


De acordo com a publicação, o morador que procurar atendimento médico com suspeita da doença vai receber uma pulseira de cor amarela, que indica a necessidade de isolamento até ser divulgado o resultado dos exames.

Em caso de confirmação para a covid-19, o paciente vai receber uma pulseira vermelha, que também determina cumprir o isolamento durante todo o tratamento. O acessório só pode ser retirado pelo médico responsável, depois que o paciente receber alta.

O decreto informa ainda que se a pessoa descumprir as regras e for flagrada violando o isolamento, ela será multada em R$ 300,00. “O decreto prevê uma multa de R$ 300 caso o paciente retire a pulseira por conta própria. A autuação será dada caso o cidadão seja flagrado em locais públicos, violando o isolamento. Fotos e vídeos poderão ser usados para comprovar o descumprimento do decreto municipal”, afirmou a prefeitura em publicação nas redes sociais.

Além das pulseiras, a prefeitura intensificou a fiscalização de comércio,  chácaras, residências e demais localidades da cidade. Segundo o último boletim epidemiológico, Tabapuã possui atualmente 931 casos positivos e 28 pessoas morreram em decorrência da covid-19.

Nova Granada

No mês passado, outra cidade da região também determinou o uso das pulseiras de identificação. O decreto publicado pela prefeita de Nova Granada, Tânia Liana Toledo Yugar (PSD), tinha como objetivo controlar o isolamento. 

O acessório de cor amarela é destinado para quem estiver com suspeita da doença. Após os exames, se o resultado vier negativo, a pessoa poderá retirar a pulseira. Já a cor vermelha será para os pacientes diagnosticados com covid-19.

Em caso de descumprimento, a pessoa também pode ser autuada e multada no valor de R$ 300,00, mediante prova fotográfica.


Comentários