Viabilidade de privatização e ‘creche 12 meses’ são projetos do candidato a prefeito de Prudente Guilherme Piai

Candidato falou ainda sobre diminuir cargos, secretarias e remodelar Upas

Viabilidade de privatização e ‘creche 12 meses’ são projetos do candidato a prefeito de Prudente Guilherme Piai  - Divulgação/SBT


O candidato a prefeito de Presidente Prudente Guilherme Piai, do PSL, quer remodelar as Upas (Unidades de Pronto Atendimentos) e deixar as creches funcionando 12 meses por ano, sem férias, caso seja eleito a prefeito. 


Piai foi o entrevistado desta deste sábado (17) na rodada de entrevistas com os candidatos à prefeitura de Presidente Prudente feitas pelo apresentador Marcelo Casagrande, no SBT Interior 1ª edição.

“Quando nós falamos em 12 meses, é só mudar a escala de trabalho. Colocamos alguns para tirar férias em janeiro e fevereiro. Outros em abril e maio. Ou seja, eu não vou mudar a carga horária do funcionário, eu vou mudar o mês das férias dele”, afirmou o candidato. 

O candidato falou ainda sobre privatizar o estádio Paulo Constantino (Prudentão) e a Prudenco (Companhia Prudentina de Desenvolvimento). 

“Eu coloquei no meu plano de governo sobre analisar a viabilidade de privatizar a Prudenco, que está dando prejuízo todos os anos e isso é culpa da administração da empresa. Já no Prudentão, pensamos em um parceria para o Prudentão. Ele virou um elefante branco na cidade”, finalizou.

Entre as propostas do candidato, está a remodelação das Upas na cidade e o que isso mudaria.

“Isso vai humanizar o atendimento. Vamos fiscalizar os profissionais da saúde. Eles têm que tratar o povo com respeito. Vamos também levar a tecnologia com a estratégia saúde da família, mapeando todos os problemas de saúde”, afirmou. 

O entrevistado desta segunda-feira (19) será o candidato Engenheiro Laércio, do DEM.

As entrevistas dos candidatos ficaram definidas dessa forma:

14 de outubro – Fábio Sato (MDB)
15 de outubro – Juliano Borges (PODEMOS) 
16 de outubro – Ed Thomas (PSB)
17 de outubro – Guilherme Piai (PSL)
19 de outubro – Engenheiro Laércio (DEM)
20 de outubro – Marcos Lucas (Avante)
21 de outubro – José Lemes (PDT)
22 de outubro – Luis Valente (PT)
23 de outubro – Paulo Lima (PSD)
24 de outubro – Nelson Bugalho (PSDB)

Candidatos com representatividade mínima de cinco nomes no Congresso, terão espaço de quatro minutos gravado previamente.

15 de outubro – João Figueira (PRTB)
22 de outubro – Major Glauco (PTC)

 


Comentários